Lume - Super-heroína nacional é lançada

Escrito por Elyan Lopes.

Eu sou Lume, HQ da nova super-heroína nacional do mesmo autor de Carnívora é lançada. 

 capa

"Mila dá lugar a LUME e assume a missão de trazer luz para um mundo que insiste em nos manter na escuridão" Essa é uma premissa bem clara de Eu Sou Lume a nova revista de Péricles Júnior ou PJ Kaiowá o mesmo autor da anterior HQ de terror Carnívora. Em mais uma empreitada de sucesso Lume que significa literalmente em Latin "Luz"  entrou em processo de arrecadação de fundos para a sua produção no site de financiamento Catarse, plataforma muito usada e fonte de muitas HQs nacionais sendo lançadas nos últimos anos.

Super-heróis nacionais em grande Almanaque

Escrito por Elyan Lopes.

Arte por Eddy Barrows, Joe Prado e Natália Marques

O que muitos leitores de quadrinhos e a grande parte da população desconhece é que existem sim super-heróis legitimamente brasileiros. Desde a década de 50 até os dias de hoje o imaginário dos autores nacionais sempre foi muito repleto de heróis e heroínas sobrevoando e combatendo criminosos e vilões mega poderosos nas cidades brasileiras. É isso que você encontra no novo álbum livro do grande estúdio internacional Chiaroscuro Studios que será lançado na maior Comic con do mundo, a CCXP que acontece em SP.

O Grande Almanaque dos Super-Heróis Brasileiros traz mais de 200 dos principais heróis das histórias em quadrinhos do Brasil, apresentados em verbetes explicativos com informações sobre os personagens e seus criadores. O quadrinista e editor Franco de Rosa é o responsável pelos textos e pesquisa. 

O Brasil tem uma grande história de super-heróis. São centenas de personagens que viveram suas aventuras nas revistas em quadrinhos e nos jornais, passando também à TV, ao cinema e chegando a serem publicados em outros países, porém muitos deles foram esquecidos ao longo do tempo. O almanaque é uma forma que encontramos de apresentar esses personagens e seus criadores às novas gerações, para resgatar e documentar uma parte importante dos nossos quadrinhos e da cultura pop brasileira”, Afirma Joe Prado