Um adeus a Adam West

adamwets

Na sexta-feira, 9 de junho, morreu, aos 88 anos em sua residência, em Los Angeles, o ator Adam West, eternamente lembrado como o Batman da série de TV dos anos 1960. O ator sofria de leucemia e deixou quatro filhos – Hunter, Jonelle, Nina e Perrin. Entre seus últimos trabalhos, o ator dublou a si mesmo como Batman na animação Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica, longa-metragem baseado na série de TV lançado no final de 2016.

West também ia dublar o Homem-Morcego na animação Batman Vs. Duas Faces, também baseado na série televisiva, com previsão de lançamento em 2017. Além disso, o ator também teve uma participação em dois episódios da série Powerless: ele é o narrador do episódio-piloto (Wayne or Lose) e interpreta o Presidente West em Win, Luthor, Draw, décimo-primeiro episódio, que não chegou a ir ao ar devido ao cancelamento prematuro da série.

A interpretação de West como Batman é tão marcante que, apesar do teor humorístico da série, que ridicularizava os super-heróis, serviu não apenas para impulsionar as vendas dos quadrinhos do Homem-Morcego que, na época, estavam em vias de cancelamento, como também revitalizou personagens como o Charada (sempre um vilão inexpressivo, que ganhou notoriedade após o seriado) e o mordomo Alfred, que tinha morrido nas HQs, mas que foi ressuscitado tão logo os roteiristas anunciaram que ele estaria na série.

 

É irônico pensar que o ator só ganhou seu papel na série graças a uma propaganda de achocolatado. O produtor Willian Dozier procurava um intérprete para o Homem-Morcego e lembrou-se da aparência marcante de Weste na propaganda que havia visto antes, considerando-o ideal para o papel do milionário Bruce Wayne. Além disso, segundo informações da própria DC Comics, de todos os intérpretes do Batman até hoje, West é o único que tem as exatas medidas de Bruce Wayne (1,88m).

Por essas e muitas outras, Adam West será sempre lembrado pelo papel de Batman. Em suas próprias palavras, “eu nunca precisei dizer ‘Eu sou o Batman’. Eu simplesmente aparecia e as pessoas sabiam que era o Batman”. Descanse em paz, Adam. O batsinal se apagou, mas seu legado permanecerá para sempre.

Poderosa Ísis volta em Legends of Tomorrow

19181706 1485957418130289 1587872852 o

A terceira temporada da série Legends of Tomorrow, prevista para estrear em 10 de outubro contará com o reforço de uma nova super-heroína. A atriz iraniana Tala Ashe entra no elenco da próxima temporada interpretando Zari Adrianna Thomaz, que é o alter-ego da heroína Ísis.

Segundo a sinopse oficial divulgada pelo canal CW, Zari será uma hacker muçulmana que vive no ano de 2030 e se junta à equipe liderada por Rip Hunter (Arthur Darvill) ao descobrir poderes místicos que a transformam na deusa Ísis. Assim, passa a viajar pelo tempo com a equipe das Lendas.

Quem tem mais de 35 anos, certamente se lembrar da série O Segredo de Ísis, estrelada por Joanna Cameron, interpretando o papel principal. Na série, ela é Andrea Thomaz, uma professora arqueóloga que descobre um amuleto mágico capaz de transformá-la na deusa Ísis, capaz de controlar os elementos da Natureza.

A heroína surgiu como convidada especial de um episódio na série do Capitão Marvel (Shazam!) e passou a estrelar seu próprio seriado, que teve 22 episódios divididos em duas temporadas. Com o sucesso da série, a personagem migrou para os quadrinhos, mas acabou no esquecimento até 2002, quando foi reintroduzida como Adrianna Thomaz, uma escrava que foi salva pelo vilão Adão Negro e, graças a ele, ganhou os poderes de Ísis. Na TV, Ísis também apareceu na série Smallville, como uma entidade que possuiu o corpo de Lois Lane (Erica Durance).

Blu-ray de Mulher-Maravilha terá edição especial para colecionadores

 

19197823 1485957194796978 242300740 o

19204725 1485957268130304 987227066 o19182191 1485957274796970 101792434 o

O filme mal estreou nos cinemas, mas a loja virtual Amazon já colocou em pré-venda o blu-ray de Mulher-Maravilha, mesmo sem ter uma data prevista para o lançamento. Além disso, a Warner também anunciou uma edição especial com um presente especial para os fãs: uma estátua da heroína em edição limitada.

O produto custará em torno de US$ 130 (cerca de R$ 425) e será vendido apenas pelo site da Amazon. Ainda na onda do filme da Princesa Amazona, a Warner aproveitou para relançar os DVDs de Homem de Aço e Batman V Superman – A Origem da Justiça, em edições limitadas, com tiara e action figure da Mulher-Maravilha.

Império Secreto derruba Batman e Watchmen

19197716 1485957291463635 314019693 o

A edição número 0 da minissérie Secret Empire, lançada em abril nos Estados Unidos foi a mais vendida do mês, derrotando a edição da revista Batman que inicia a saga The Button, na qual é mostrada a ligação de Watchmen com o renascimento do Universo DC. A minissérie, que revela que o Capitão América sempre foi um agente da Hidra infiltrado, vendeu 162,7 mil exemplares enquanto que o Homem-Morcego fechou o mês com a marca de 130,2 mil.

A edição 21 da revista do Homem-Morcego saiu com uma capa lenticular com efeito 3D, mas nem isso foi atrativo para que o herói liderasse a lista. A revista do Flash, que também tem ligação com a saga The Button, ficou em quinto lugar, com 107 mil exemplares, perdendo para a estreia das novas equipes dos X-Men – X-Men Gold 1 e X-Men Blue 1 venderam, respectivamente, 114,3 mil e 108,8 mil.

Mesmo com a aparente derrota, o Cavaleiro das Trevas ainda é o campeão moral. Isso porque a revista Batman 21 teve capa especial, mas também teve a edição comum, que vendeu “modestos” 89 mil exemplares. Somadas as duas edições, o resultado fica bem superior à marca atingida pelo Império Secreto.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar